Brasil Destaques Polícia

Homem é preso com quase 2 kg de cocaína no estômago

Divulgação da Polícia Federal

O suspeito, de 32 anos, pretendia embarcar do aeroporto de Recife (PE) com destino a Cabo Verde, na África

© Divulgação / PF

Homem já havia feito o transporte da droga também para Cabo Verde, na África

A Polícia Federal informou que no último sábado (3) realizou a autuação em flagrante de José Bonifacio Primo Silva brasileiro, de 32 anos, natural e residente em Lagoa da Pedra, no Maranhão. O homem transportava em seu corpo o total de 1,8Kg de cocaína, compactadas em 149 cápsulas que estavam estocadas em seu estômago. A prisão foi realizada no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre e, ainda segundo as autoridades, o homem não possui antecedentes criminais.

A prisão aconteceu durante a fiscalização de rotina no aeroporto e, pelo fato de o suspeito apresentar nervosismo, impaciência, inquietação e sempre levando as mãos à barriga, os agentes desconfiaram da atitude e o abordaram. José Bonifácio foi convidado a participar de uma entrevista na sala da PF e em seu depoimento foi detectada muita contradição. Uma das informações suspeitas foi de que o homem alegou que estava no Recife para uma viagem turística, mas não soube informar o valor da passagem e o nome do hotel em que havia se hospedado.

Após isso, a equipe realizou vistoria em sua bagagem, encontrando passagens de ida e volta a Cabo Verde, na África. Em seguida, o homem queixou-se de fortes dores abdominais, sendo levado a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Imbiribeira, Zona Sul do Recife. Através do exame de raio-x foi detectada a presença de várias cápsulas de cocaína em seu estômago. José Bonifácio foi encaminhado ao Hospital da Restauração, na área central da cidade, para que fossem feitos os procedimentos para expelir a droga, ficando custodiado na unidade hospitalar. No sábado ele expeliu 56 cápsulas e no domingo mais 93, recebendo alta na sequência.

José Bonifácio foi autuado pela prática do crime de tráfico internacional de drogas e, caso seja condenado, pode ter pena de cinco a 20 anos de prisão. De acordo com a PF, após a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no Instituto de Medicina Legal (IML), em seguida encaminhado para a audiência de custódia para posteriormente ser recambiado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), onde ficará à disposição da Justiça Federal de Pernambuco. Além da droga também foram apreendidas passagens aéreas, um aparelho celular, passaporte e a quantia de 200 euros que contabilizam cerca de R$ 732.

Esquema

O homem informou à PF que já havia feito outros transportes de cocaína para Cabo Verde na África numa mala com fundo falso e que receberia a quantia de 6.000 euros – cerca de R$ 22 mil – quando entregasse a droga no aeroporto daquele país a uma pessoa que o identificaria pela cor de suas vestimentas. Os 200 euros encontrados serviriam para custear despesas até chegar no seu destino final, no entanto, ele não informou o esquema de aliciamento no Brasil. Mas a PF afirma que pela forma de apresentação a droga deve ser oriunda da Bolívia.

Da redação – Com Leia Já.

Redação

4.649 Comentários

Clique para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.