Artigo

Por que o cão é a cara do dono?

Você já ouviu essa frase antes: o cão é a cara do dono? Mas será que existe alguma verdade nela, ou será que é apenas uma expressão? Hoje, vou te explicar razões pelas quais alguns cães são, de fato, parecidos com seus donos em alguns afetos.

Para começar, de forma simples, vou explicar o porquê dos 3 fatores que influenciam o comportamento dos cães, 2 estão sob responsabilidade direta das pessoas. Vamos lá:

O comportamento dos animais é influenciado pela GENÉTICA, pelo AMBIENTE e pelo APRENDIZADO. A genética é algo hereditário, que passa de uma geração para outra. É influenciada pelos pais do cão e não temos nada a fazer após a concepção do futuro cãozinho. Já os outros 2 fatores estão sob influência diretas das pessoas e é aí que começamos a formar cães com a ‘nossa cara’.

cachorro é a cara do dono

Por que o cão é a cara do dono?

Concorda que são as pessoas as responsáveis pelo ambiente onde o cão vive? Um ambiente previsível, calmo, equilibrado terá influência direta na vida do cão. De forma oposta, um ambiente incoerente, raivoso e agitado exigirá do cão comportamentos adaptativos para que se adeque a este contexto. Também são as pessoas as responsáveis pelo aprendizado do cão. Se ele late e ganha um biscoito, se ele pula na visita e ganha atenção ou se ele puxa a guia e, mesmo assim, consegue se aproximar do seu objetivo, é pouco provável que o cão apresente um comportamento no sentido oposto.

Porém, se existir coerência de todos da casa em relação ao que pode e o que não pode fazer, são grandes as chances dele demonstrar um comportamento equilibrado e desejável ao longo da sua vida.

Agora, imagine um cão que é super ativo (genética), e vive numa família grande que adora festas (ambiente) e pode fazer o que tiver vontade sempre que quiser (aprendizagem). Este cão realmente será a cara do dono: agitado, festeiro e com poucas regras a seguir. Vamos, agora, imaginar um cãozinho medroso (genética), que vive numa casa com constantes situações de conflito entre as pessoas (ambiente) e que é punido sempre que faz algo supostamente errado (aprendizagem). O que teremos é um cão com comportamento inseguro, tímido e reativo.

porque o cão é a cara do dono

São inúmeras as possibilidades de composição destes três itens. Mas devemos lembrar que temos relação direta com 2 deles. É mais do que suficiente para termos um cão com a nossa cara.

%d blogueiros gostam disto: