Cidade Destaques Homicídio Polícia

Pai teria dado 14 facadas na filha antes de se matar, segundo a polícia

Cesar Antunes Junior e os filhos, Maria Nina Magalhães Castro Antunes, de 10 anos, e Bernardo Magalhães Castro Antunes, de 6 anos (Foto: Reprodução/Facebook)

Menina, de 10 anos, e irmão de 6, foram encontrados mortos na Freguesia. Ex-mulher já teria denunciado suspeito por agressão.

A polícia acredita que conflitos no relacionamento com a ex-mulher possam ter motivado Cesar Antunes Junior, de 48 anos, a matar os dois filhos e cometer suicídio em seguida. De acordo com o delegado Daniel Rosa, da Divisão de Homicídios da capital, o homem chegou a ser denunciado pela ex-mulher e mãe das crianças por lesão corporal. Segundo a polícia, Maria Nina Magalhães Castro Antunes, de 10 anos, teria sido morta com 14 facadas.

O crime ocorreu na madrugada deste domingo (5) em um condomínio na Freguesia, Zona Oeste do Rio. De acordo com a polícia, Cesar esfaqueou os filhos Maria Nina e Bernardo Magalhães Castro Antunes, de 6 anos, e se jogou do 5º andar do prédio logo depois.

De acordo com o delegado Daniel Rosa, Cesar estava separado da ex-mulher Andreia Magalhães Castro Antunes havia um ano.

A polícia já ouviu três pessoas em relação ao crime. Os investigadores aguardam o depoimento de Andreia para avançarem no caso. “Ela deve ser ouvida ainda esta semana”, afirmou Rosa.

No apartamento onde as crianças foram mortas a polícia encontrou bilhetes supostamente escritos por Cesar e direcionados à ex-mulher. “Andreia: cadê a poderosa? Não vai ficar com a guarda de nenhum dos dois e também não vai me colocar na cadeia!!! kkkkk !!!”, diz o texto de um dos bilhetes encontrados.

Bilhetes supostamente escritos por Cesar foram encontrados no apartamento onde as crianças foram esfaqueadas (Foto: Reprodução)Bilhetes supostamente escritos por Cesar foram encontrados no apartamento onde as crianças foram esfaqueadas (Foto: Reprodução)

Bilhetes supostamente escritos por Cesar foram encontrados no apartamento onde as crianças foram esfaqueadas (Foto: Reprodução)

Segundo o delegado que comanda as investigações, os bilhetes ainda serão periciados. A polícia parece não ter dúvida de que Cesar foi o autor da morte dos filhos, mas ainda espera obter mais dados que ajudem a identificar quais foram as reais motivações dele ao cometer o crime.

“Estamos apurando, mas tudo indica que ele tinha alguma depressão”, destacou o delegado.

Desabafo da mãe

A mãe das crianças mortas, que um dia antes do crime saiu com amigas para comemorar seu aniversário, usou as redes sociais para desabafar. Em um texto publicado no Facebook ela culpou o ex-marido pelo crime, e destacou que seus filhos eram apaixonados pelo pai.

“Amores eternos da minha vida! Brutalmente retirados de meus braços por um louco, que era o pai a que eles amavam incondicionalmente e confiavam cegamente! Orem pelas almas dos seus filhos queridos, pois só me restou isso orar por eles”, registrou Andreia.

Andreia postou foto dos filhos junto com mensagem em que chama o pai deles de 'louco' (Foto: Reprodução/Facebook)Andreia postou foto dos filhos junto com mensagem em que chama o pai deles de 'louco' (Foto: Reprodução/Facebook)

Andreia postou foto dos filhos junto com mensagem em que chama o pai deles de ‘louco’ (Foto: Reprodução/Facebook)

 Da redação – com G1
%d blogueiros gostam disto: