Brasil Destaques Polícia

Comerciante é investigado por estuprar menina de 12 anos em mercearia

Imagem Ilustrativa

Vítima contou ao irmão que o dono da mercearia oferecia a ela dinheiro para mostrar os seios

Um homem de 53 anos, dono de uma mercearia em Juiz de Fora, na Zona da Mata, é investigado pela Polícia Civil da cidade por ter estuprado uma menina de 12 anos no estabelecimento comercial.

Os crimes, que seriam recorrentes, só vieram à tona depois que a vítima contou ao irmão, nesse domingo (26), o que acontecia quando ela ia ao local. Assustado com o relato da criança, ele procurou a Polícia Militar (PM) e registrou um boletim de ocorrência contra o comerciante.

O rapaz, de 25 anos, disse aos militares que começou a desconfiar da situação ao reparar que a irmã demorava para voltar para casa nas ocasiões em que ia à mercearia no bairro onde eles moram. Ao questioná-la sobre esses casos, o irmão descobriu que o comerciante oferecia dinheiro para ela mostrar os seios. Os episódios de assédio, segundo o relato da menina, aconteciam há muito tempo, mas só recentemente a garota obedeceu ao pedido do homem.

De acordo com a PM, a menina ainda revelou ao irmão que no dia 17 deste mês, o comerciante fechou a porta da mercearia durante o trabalho, abaixou o short dela e praticou sexo oral. Após o estupro, a menina correu para casa, mas não contou aos familiares o que aconteceu por medo.

Diante dos relatos do rapaz, a PM orientou a família da menina a procurar uma delegacia para registrar queixa contra o comerciante. Conforme a Polícia Civil, a corporação já foi procurada e o caso é investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher. No entanto, nenhum pedido de prisão foi encaminhado até o momento e o suspeito ainda vai ser intimado a depor pela delegada Ione Maria Moreira.

Da redação com Super noticias