Destaques

Comerciante baleado por assaltante foi socorrido para hospital em Sete Lagoas

Foto reprodução inter

Um dos assaltos foi ao supermercado da cidade

Três adolescentes foram apreendidos nesta sexta-feira (11) pela Polícia Militar após assaltarem cinco lojas e matarem com tiros um comerciante que reagiu ao “terror tocado” pelo grupo na pequena cidade de Maravilhas, no Centro-Oeste de Minas Gerais, onde residem aproximadamente sete mil pessoas.

O trio foi encontrado a 40 quilômeros de lá, em Pitangui. Duas garotas, de 14 e 16, também foram apreendidas por terem dado guarida aos suspeitos.

Por ironia, Pitangui é o município onde nasceu o comerciante que perdeu a vida. Kleyson Vera, que tinha 34 anos, se mudou para Maravilhas para ganhar a vida numa cidade pacata que acreditava ser segura. Ele deixou esposa e gêmeos, de 4 anos.

A PM informou que os três dos adolescentes chegaram a Maravilhas, no fim da tarde de quinta-feira, num Palio roubado. Armados, assaltaram uma papelaria, uma livraria, uma sorveteria e um supermercado.

A última loja invadida foi a farmácia de Kleyson. Durante o assalto, um dos adolescentes deu um tapa no lojista, que revidou. O comerciante tentou segurar o garoto, mas foi atingido com tiros na barriga.

Toda ação foi filmada por uma câmera de videomonitoramento. A vítima foi socorrida ao hospital de Sete Lagoas, maior cidade da região, e não resistiu.

O velório ocorreu em Maravilhas. O enterro, em Pitangui. Durante o dia, lojistas da cidade invadidas pelos adolescentes protestaram contra a violência. Nas redes sociais, moradores disseram que o “terror foi tocado” no município.

Enquanto isso, em Pitangui, os três adolescentes eram capturados. Eles foram localizados na casa das garotas. A PM não revelou como chegou ao grupo. Informou, porém, que mais duas pessoas continuam sendo procuradas.

Da redação – com Teclemidia