Artigo

COGUMELOS COMESTÍVEIS: QUAIS SÃO E COMO PREPARAR

Cogumelos: lindos, saborosos e saudáveis, eles são capazes de dar um toque especial no seu prato!

Você já experimentou o cogumelo? Essa delícia vem ganhando espaço nos pratos aos pouquinhos, conquistando um espacinho no coração gastronômico de quem gosta de ousar e fazer diferente na cozinha.

Caindo bem tanto como prato principal quanto acompanhamento, o cogumelo possui um alto valor nutritivo por conter vitaminas, fibras, sais minerais e proteínas, além de possui baixo nível de gordura. Com tantos valores saudáveis, fica difícil dizer não para essa maravilha, não é mesmo?

Existe uma grande variedade de cogumelos, e alguns deles são comestíveis. O que pode variar de um para outro é a intensidade do sabor, pois alguns são suaves, enquanto outros possuem um gosto acentuado; e a consistência, algumas macias e outras bastante fibrosas.

E quais são os cogumelos próprios para consumo?

Dentre os mais utilizados na culinária brasileira, nós temos o Champignon de Paris (sendo o mais consumido e utilizado desde acompanhamento até prato principal), o Shiitake (rico em fibras e muito saboroso, devido a sua textura esponjosa que absorve o tempero dos demais ingredientes de uma receita, caindo bem em molhos e risotos) e o Shimeji (muito utilizado na culinária japonesa, podendo ser consumido em caldos, refogados e grelhados).

Também temos os não muito conhecidos, mas muito saborosos, como o Portobelo (que possui uma textura mais firme e encorpada que o Champignon de Paris, caindo bem em recheios ou grelhado), Morilles (um cogumelo desidratado ainda pouco vendido no Brasil, mas ótimo para compor recheios e molhos) e Nameko (com um sabor suave, muito utilizado em caldos).

O bom é que você pode encontrar os cogumelos nos supermercados, e em diferentes formas. Eles são comercializados secos, em conserva, congelados e frescos, podendo ser incluso nas receitas de várias maneiras saborosas.

shutterstock_292407368

O caldo de cogumelo é apenas uma das maneiras deliciosas que você pode explorar esse ingrediente tão saboroso e saudável.

Mas e agora: como escolher o cogumelo na hora de comprar?

Antes de mais nada, a regrinha básica de “aparência e cheiro” devem ser as primeiras a serem levadas em conta. Primeiramente, fique atento a data de validade. Em seguida, repare se ele não possui manchas, além de ficar atento ao detalhe do cheiro (o aroma não pode estar muito forte).

Outro importante detalhe é que o cogumelo não pode estar viscoso – algo “grudento”. “Apertar” o cogumelo e perceber que ele não voltou a sua estrutura original também é um sinal de que o cogumelo não está próprio para consumo.

Como o cogumelo é muito delicado, seu armazenamento deve ser feito de maneira correta para que ele não estrague. Sendo assim, procure guardar na geladeira logo que comprar, pois, se guardado em lugares quentes e abafados, pode ocorrer o desenvolvimento de bactérias – e não queremos isso para a nossa comida, não é mesmo?

E caso não vá usar todos os cogumelos, guarde-os em vasilhas fechadas hermeticamente, de forma a não estragar o que ficar no interior do pote.

E para preparar essa maravilha de cogumelo, como faz?

O preparo do cogumelo se trata de um processo rápido, simples e fácil: higienização. Lave os cogumelos em água corrente e seque bem. Como já dissemos anteriormente, eles são delicados, e por isso, lave-os com cuidado.

Nossa dica é que você solte a criatividade na hora de adicionar o cogumelo na sua refeição. Nossas sugestões são incluí-lo nas carnes, recheios, saladas, caldos, sopas e molhos, ou até mesmo o fazer refogado, grelhado ou assado, sendo opções incrivelmente saborosas – e com o toque todo especial do cogumelo.

Redação

Comentar

Clique para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.