Brasil Cidade Destaques

Diretora de escola é espancada após denunciar irregularidades

As agressões chegaram a causar um traumatismo craniano na vítima; a polícia já está investigando o caso

Jovens desconhecidos espancaram uma diretora de uma escola estadual em Guarujá, no litoral de São Paulo. As agressões ocorreram supostamente após ela denunciar ao Estado irregularidades que aconteciam na unidade.

Para ela, o ataque foi uma tentativa de intimidá-la para que a investigação não continuasse. As agressões chegaram a causar um traumatismo craniano na vítima. A polícia já está investigando o caso e um boletim de ocorrência foi registrado.

Segundo o G1, ela foi afastada das atividades e encontra-se abalada, porém garantiu que voltará ao trabalho para transformar a escola em uma das melhores da cidade. Na capital, ela foi responsável pela escola que atingiu o maior IDEB da capital paulista.

DENÚNCIAS

A diretora apontou três possíveis irregularidades na escola. As notas fiscais da merenda escolar de agosto constavam que os alunos tinham comido melão, abacaxi, maçã, chuchu, abobrinha e repolho, mas não havia nenhum desses alimentos na escola.

Outra irregularidade é referente ao patrimônio da escola. O documento diz que há quatro televisões e um microscópio com lupa eletrônica, que não foram localizados. Segundo ela, há livros didáticos jogados no chão e potes onde é servida a merenda em uma parte do prédio que está interditada.

O terceiro e mais grave problema seria um possível desvio de recurso financeiro. A antiga diretora e atual vice prestou contas. Os professores, por outro lado, dizem que serviços que estão na nota fiscal não foram realizados na escola.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo informou que as agressões foram registradas na Delegacia de Polícia de Guarujá e seguem em investigação para identificação dos autores. As vítimas já prestaram depoimento e informaram as características dos agressores.

Da redação – Com Noticias ao minuto – foto divulgação

 

Redação

Comentar

Clique para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.