Brasil Cidade Destaques

Médico é réu em caso de estupro de paciente de 18 anos

O crime, que teria ocorrido em Ivoti, está sendo investigado pela Justiça

Um médico de 31 anos é suspeito de ter apalpado os seios e partes íntimas, além de pedir beijo a uma paciente de 18 anos no Rio Grade do Sul. O crime, que teria sido cometido em setembro, foi aceito pela Justiça nesta quarta-feira (18), após denúncia do Ministério Público.

O profissional de saúde atendeu a jovem, com queixa de alergias, no Pronto-Atendimento Municipal Mais Vida, em Ivoti. Segundo o documento enviado à Justiça e publicado pelo G1: “O denunciado, que trabalhava como médico do local, valendo-se de sua profissão, simulando que estava a realizar exame clínico na vítima, acariciou seus seios, sob o pretexto de achar alguma íngua”.

Após apalpar o seio e as partes íntimas da paciente, ainda pediu um beijo. Ao sair da Mais Vida, a jovem denunciou o abuso à Delegacia de Ivoti. O médico, cujo nome não foi divulgado, foi afastado das funções, mas responderá ao processo.

Da redação

 

Redação

3.229 Comentários

Clique para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.