Destaques

PM prende vereadora de Santa Luzia em operação do Ministério Público

O MPMG ainda não divulgou as motivações da ação

O Ministério Público de Minas Gerais (PMMG), juntamente com a Polícia Militar, cumpre, na manhã desta segunda-feira (7), o mandato de busca e apreensão contra vereadora Emília Alves da Cruz (PSB) e seu marido, Wanderson Alves da Cruz. A operação acontece na casa deles, em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte.

O MPMG ainda não divulgou as motivações da ação.

De acordo com as primeiras informações da PM, até o momento, já foram apreendidos com a parlamentar dois smartphones, quatro celulares, nove pendrives, dois HD´s externos, um cartão de memória, dois notebooks, sendo um de uso institucional e um pessoal. Com o marido dela foram aprendidos um celular, um tablet e dois notebooks.

A vereadora e o marido foram encaminhados à Delegacia de Plantão da Polícia Civil de Santa Luzia.

A reportagem tentou contato com o gabinete da vereadora, mas ninguém atendeu as ligações.

(Aguarde mais informações)O Ministério Público de Minas Gerais (PMMG), juntamente com a Polícia Militar, cumpre, na manhã desta segunda-feira (7), o mandato de busca e apreensão contra vereadora Emília Alves da Cruz (PSB) e seu marido, Wanderson Alves da Cruz. A operação acontece na casa deles, em Santa Luzia, região metropolitana de Belo Horizonte.

O MPMG ainda não divulgou as motivações da ação.

De acordo com as primeiras informações da PM, até o momento, já foram apreendidos com a parlamentar dois smartphones, quatro celulares, nove pendrives, dois HD´s externos, um cartão de memória, dois notebooks, sendo um de uso institucional e um pessoal. Com o marido dela foram aprendidos um celular, um tablet e dois notebooks.

A vereadora e o marido foram encaminhados à Delegacia de Plantão da Polícia Civil de Santa Luzia.

(Aguarde mais informações)

Da redação – Com O tempo – foto ilustrativa de Beto Novais