Destaques Política

Rede Sustentabilidade terá candidatura própria à Prefeitura de Matozinhos

?

Rede Sustentabilidade terá candidatura própria à Prefeitura de Matozinhos

O matozinhense Pedro Mesquita é escolhido como pré-candidato, representando uma “candidatura coletiva” da “nova política”

A Rede Sustentabilidade, mais novo partido político registrado no município de Matozinhos na região metropolitana de Belo Horizonte, após reuniões entre a direção e outros grupos políticos locais, optou por entrar na disputa à Prefeitura Municipal, lançando candidatura própria com um novo nome para a política da cidade e apostando no coletivo partidário. A chamada “candidatura coletiva” tem como representante o jovem empresário matozinhense, Pedro Mesquita, de 33 anos.

Acompanhando a proposta da Rede a nível nacional que propõe uma “nova política”, o partido em Matozinhos acredita em um novo modelo de candidatura para as próximas eleições, com foco na representatividade de relevantes filiados em áreas estratégicas como segurança, educação, saúde, meio ambiente, entre outros: “Um futuro governo para ser democrático e participativo se faz a partir daquilo que você apresenta aos eleitores. Este modelo político concentrado em apenas uma pessoa já não mais representa os cidadãos”, afirma Isaias Clemente, Porta-voz (presidente) da Rede municipal.
Pedro Mesquita
                                               Pedro Mesquita – Pre candidato a Prefeito pela Rede

De acordo com o porta voz, a proposta da candidatura coletiva é agregar ao nome de Pedro Mesquita o potencial dos filiados: “Temos especialistas nas principais áreas, como Dr. Otto Teixeira Filho, na Segurança Pública, Ione Rodrigues, na Educação, Chiquinha Martins na área ambiental, Sueli Camisasca com foco na Saúde, além do social, esporte e cultura e o mais importante, o cidadão comum que precisa ser ouvido. Chega desta proposta individualista”, afirma o porta-voz.

A explicação para a escolha de um nome considerado desconhecido no meio político, segundo a direção do partido, é pela falência da classe política e dos outros partidos e a necessidade que a população tem de uma “terceira via” nas eleições. “Temos a primeira via que é o atual governo municipal que representa a continuidade, ou seja, sabemos como é; a segunda via que quer apenas o poder, o que pode representar o retrocesso; queremos propor o avanço, mantendo a organização administrativa atual, mas humanizando a gestão”.

O ex-secretário de segurança pública do estado e do município, Dr. Otto Teixeira, reforçou que acredita na atualização da política e Pedro representa o novo: “Somos um time representado por ele, um rapaz de muita capacidade de liderança, personalidade, sem manchas, um nome novo e leve que precisamos”, garante.

Na reunião que culminou na escolha de seu nome, em comum acordo entre os filiados, Pedro disse que fará jus a confiança em representar um novo projeto com tantas pessoas aptas a assumir este papel no partido, e diz estar entusiasmado pelo novo desafio: “Fico honrado por terem me escolhido! Acredito na capacidade do nosso coletivo pela vivência diária nas questões do município, ninguém faz nada sozinho”, finalizou o pré-candidato.

Sobre um(a) pré-candidato(a) a vice, o partido disse que conversa ainda com outros partidos, mas que pode escolher dentro da própria Rede, não citando nomes.

CALENDÁRIO ELEITORAL

As convenções para a escolha dos candidatos pelos partidos e a deliberação sobre coligações devem ocorrer de 20 de julho a 5 de agosto de 2016. Os pedidos de registro de candidatos devem ser apresentados pelos partidos políticos e coligações ao respectivo cartório eleitoral até as 19h do dia 15 de agosto de 2016. Pela regra passada, esse prazo terminava às 19h do dia 5 de julho.

Da redação – Com Comunicação REDE

Redação

5 Comentários

Clique para postar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.